janeiro 5, 2011

Drenagem Linfática Manual

                        A técnica original foi desenvolvida nos anos de 1920-1930 pelo casal dinamarquês Emil e Estrid Vodder . A partir do trabalho experimental deste casal , outros pesquisadores tais como Földi e Kuhnke (Alemanha), Cashley-Smith (Austrália) e Leduc (Bélgica), desenvolveram a base científica da técnica e criaram-se ‘linhas de trabalho’ dentro da Drenagem Linfática Manual. Desde que Vodder e a sua esposa criaram e introduziram com êxito a Drenagem Linfática Manual no tratamento de afecções crônicas das vias respiratórias superiores, o seu campo de aplicações médicas foi-se ampliando e aprofundando com o passar do tempo. Em alguns casos a DLM, constitui um procedimento principal de tratamento, como é o caso dos Linfoedemas, enquanto noutros casos há que considerá-la simplesmente como uma terapia acompanhante ou de apoio. 

                Será impensável não pensar nela quando se fala de Pós-Mastectomia ou de qualquer outra intervenção cirúrgica. É uma técnica especifica de massagem manual que exige uma formação adequada. Esta técnica caracteriza-se por uns movimentos muito suaves e precisos, todos em forma circular e espiral e por um trabalho intensivo realizado nos centros de gânglios linfáticos. Procurando aliviar os sintomas, primeiro trata o sistema linfático superior, ou seja, a zona do coração, as zonas dos gânglios linfáticos do pescoço, da garganta, e dos ombros, evoluindo depois, de forma progressiva, para as zonas afectadas, mais afastadas do coração. Estimula a circulação linfática nos vasos linfáticos ao acelerar a absorção de líquidos e das macro-moléculas do tecido intersticial, pela activação da capacidade peristáltica destes vasos. 
               Por isso, a Drenagem Linfática Manual faz absorver inúmeras formas de edemas. Não só absorve formas de edemas aparentes, como também o faz a formas menos visíveis, como por exemplo os Edemas Pós-Operatórios dos membros, o edema do braço depois de uma Mastectomia, assim como os edemas Pós-Traumaticos, como os que aparecem quando se faz uma fratura óssea; mas também é eficaz em formas de edemas ainda menos visíveis, como os que podem dar origem a dores de cabeça e a dores da coluna vertebral. A Drenagem Linfática Manual segundo Vodder, estimula o processo imunológico, ao aumentar, na zona cortical dos gânglios linfáticos, a produção de linfócitos.
Outros
Share: / / /

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisa
Calendário
agosto 2022
S T Q Q S S D
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031